Sidebar Menu

Visita à Câmara expõe racha na base de Igor em Itapevi

Gestão do prefeito de Itapevi foi alvo de duras críticas, feitas por vereadores da base, logo após o chefe do executivo ter apresentado, na Câmara, um balanço dos dois primeiros anos de mandato
Igor foi fazer balanço e ouviu duras críticas - Foto: Edivaldo Santana/Giro S/A

Base aliada rachada? Essa é a pergunta que ficou no ar após a visita do prefeito Igor Soares (Pode) à Câmara de Itapevi, durante a sessão da última terça-feira, 16. O chefe do executivo esteve no local para apresentar um balanço de suas principais ações dos dois anos de mandato. 

Porém, assim que o prefeito deixou a sede do Poder Legislativo ficou evidente que existe um descontentamento dos vereadores com a gestão do atual chefe do Executivo, principalmente, com relação ao desempenho das secretarias de Esportes e Obras.

Na tribuna, Igor Soares falou sobre as conquistas em todos os setores. "Temos trabalhado arduamente e colhido bons furtos e resultados", disse destacando os investimentos em Educação, que segundo ele, são prioridades. "Somente através da Educação podemos mudar nosso país e nossa cidade. E começamos a colocar nos eixos. Implantamos o sistema Sesi de ensino com apostilas para os alunos e capacitação para os professores", pontua o prefeito.

Porém, o balanço da gestão acabou ofuscado com as duras críticas feitas por parlamentares aos secretários que compõem o primeiro escalão do governo. O ex-presidente da Câmara, o vereador Anderson Cavanha (PR), conhecido como Bruxão, foi um dos que teceram críticas à gestão, se dirigindo em especial contra o secretário de esportes. "Não estamos pedindo nada para o fundo do nosso quintal, estamos pedindo para a população que nos cobra", disse acrescentando que prefere não acreditar que seja vítima de boicote. "Eu não quero acredita que isso seja um boicote de pessoas que querem sair candidato", dispara.

A insatisfação foi compartilhada pelo atual presidente da Câmara, o vereador professor Rafael, que pertence ao mesmo partido do prefeito, o Podemos. "Desde janeiro estou pedindo para reformar algumas quadras esportivas, mas aí, o secretário de esporte diz que não tem cronograma. Secretário Claudio, sai um pouco Suburbano e vai conhecer o Amador Bueno", disse o parlamentar.

Também vereador pelo Podemos, Cicero Aparecido lembrou que os requerimentos solicitando informações enviados à Prefeitura não são respondidos com a devida atenção. "É revoltante quando mandamos um requerimento para a secretaria de Governo solicitando informações e eles nos mandam aquela resposta genérica", explica.

As reclamações não pararam por aí. Os vereadores Chambinho (PR), Camila Godói (PSB), José Aparecido (DC), Denis Lucas (PRB), Eduardo Zamparine (Pode), Renato Passos (DC), Thiaguinho (PSL),Yacer Issa (PSB) e Júlio Portela (PV), também reclamaram do desempenho da gestão e da demora para a realização de intervenções e respostas aos requerimentos. A Câmara de Itapevi é composta por 17 vereadores

A equipe de reportagem do jornal Giro S/A tentou contato com o prefeito Igor Soares para que ele pudesse comentar as críticas feitas ao governo, no entanto, o chefe do executivo não atendeu as ligações ou mensagens enviadas ao seu celular.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection