Destacado 

Presidente da Câmara de Osasco faz críticas ao governo do prefeito Rogério Lins

Presidente da Câmara de Osasco faz críticas ao governo do prefeito Rogério Lins
Presidente da Câmara de Osasco é aliado de Rogério Lins (Foto: Henrique Vilela/Giro)


JULIO REZEDE,
da redação

Há dias, a cidade de Osasco debate quem ficará com o legado político do ex-prefeito Celso Giglio (PSDB), falecido no início de julho. O presidente do Legislativo Osasquense, Elissandro Lindoso (PSDB) falou ao Giro S/A que será muito difícil que apenas um nome assuma esse feito.

"O nome do Celso nunca vai ser esquecido na história da cidade. Seu legado é gigantesco. Pra mim ele foi o melhor prefeito que Osasco já teve", comenta o tucano. No entanto, quando o assunto é o espaço que o PSDB tem no governo do prefeito Rogério Lins, Lindoso enfatiza que não participou de nenhuma negociação e que as secretarias dirigidas por tucanos, Saúde e Meio Ambiente, estão deixando muito a desejar no atendimento à população.

"Esse acordo com o governo foi feito pelo Celso, seu genro Rubens Figueiredo e pela executiva do partido. Não participei em nenhum momento dessa costura. Nem sei qual o tamanho do espaço que o PSDB tem na prefeitura. Mas não importa o tamanho do espaço, e sim como andam essas secretarias. Hoje, posso dizer que não estou tão satisfeito e esperava melhores resultados", lamenta. "Eu também falo de outras pastas que não estão com o nosso partido. A sociedade, a população e os vereadores esperavam uma postura e uma resposta melhor do atual governo".

Consultado sobre as críticas, Rogério Lins preferiu não comentar.