Vereador cobra fiscalização para área conhecida como "Lagoa de Carapicuíba"

Parlamentar aponta que obras de aterramento na lagoa provocaram inundações na comunidade Porto de Areia e afetou mais de 1.000 famílias 
Vereador Professor Naldo é autor do documento que cobra explicações sobre obras na Lagoa de Carapicuíba (Divulgação/CMC)

Nesta semana, vereadores da Câmara Municipal de Carapicuíba aprovaram o requerimento 87/2021, que solicita informações sobre a fiscalização na área que ficou conhecida como Lagoa de Carapicuíba. De autoria do vereador Professor Naldo (PT), o documento foi assinado por todos os parlamentares da Casa.

No requerimento, o vereador busca saber a quem pertence o local: ao município de Barueri ou Carapicuíba? Além disso, o parlamentar também deseja levantar informações sobre a empresa que tem realizado serviço de terraplanagem no espaço. "Foi efetuada alguma fiscalização por órgão ligado ao meio ambiente e quais são as ações de habitação e de assistência social planejadas para os moradores", diz o texto.

O documento ainda justifica que a medida se faz necessária para dar uma resposta às famílias que vivem na região e que tiveram as casas inundadas. "De acordo com imagens divulgadas pela imprensa e moradores, em decorrência das obras de aterramento da Lagoa de Carapicuíba, no dia 28 de agosto, inundou a comunidade do Porto de Areia, que abriga mais de mil famílias que perderam seus pertences. Moradores afirmam que não é a primeira vez que perdem tudo nas enchentes e temem o período de chuvas", explica o documento que foi encaminhado ao prefeito Marcos Neves (PSDB).


Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 21 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/