Sidebar Menu

Rubens Furlan atesta novo hospital e diz: "Já dei minha contribuição"

Além de Barueri, Jandira e Santana de Parnaíba disputavam a nova unidade

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB) disse nessa segunda-feira, 5, durante entrega de Instituto de Saúde, no Jardim Paulista, que já cumpriu com a parte dele na luta pela construção de novos leitos estaduais na região.

"Agora as outras cidades precisam se movimentar para conseguir novos leitos. Não existe mal-estar, mas a minha contribuição regional estou dando, principalmente com que nós já fazemos hoje e com a construção do hospital. Nós estamos doando o terreno, o projeto e mais R$ 50 milhões para viabilizar a construção da unidade e a operação ficará por conta do Estado", disse.

Furlan garantiu que em 23 de agosto, o governador João Doria (PSDB) participará da inauguração do Centro de Diagnóstico e que assinará o convênio para a construção do Hospital Regional em Barueri.

"Será uma unidade com 400 leitos construída em um terreno no Jardim Paulista e que vai atender a todos os moradores da região. Esse hospital será bancado pelo Estado. Acredito que com os equipamentos que estamos inaugurando no município e com o novo hospital nós encerramos um circuito e vamos dar uma condição muita boa na questão da saúde", explica.

Além de Barueri, as cidades de Jandira e Santana de Parnaíba estavam na briga pela nova da unidade. Em junho, Furlan disse que não temia um mal-estar com os demais prefeitos – Elvis Cezar (PSDB/Parnaíba) e Paulo Barufi (PSB/Jandira) .

"O prefeito de Santana de Parnaíba tentou criar um mal-estar, mas sou desprovido de vaidade", disse na época. "O Estado não tem nada aqui. Aí falaram que o Furlan saiu na frente. Não saí coisa nenhuma, se eu quiser não corro mais atrás e acabou."

Na semana passada, Elvis Cezar negou a existência de algum mal-entendido entre eles. "Não existe nenhum mal-estar, vamos trabalhar para ter esse hospital para a região", garantiu.

Veja mais notícias sobre Política.