Sidebar Menu

Ribamar garante que Conselho de Ética será votado em outubro

“Precisamos barrar fatos que têm acontecido na Câmara”, afirma o vereador. 

O presidente da Câmara de Osasco, vereador Ribamar Silva (Sem Partido) confirmou nesta terça-feira, 1º, que será levado para votação em plenário, ainda no mês de outubro, o Projeto de Resolução que criará o Conselho de Ética na Casa de Leis. 

"Votaremos ainda este mês. Estamos acertando os detalhes da proposta que será apresentada aos demais vereadores", disse revelando que a mesa diretora da Câmara e outros parlamentares devem se reunir para discutir o assunto. "Vou fazer uma conversa com os vereadores nesta quarta-feira. Pois, precisamos barrar fatos que têm acontecido na Câmara", completa.

A criação de um Conselho de Ética voltou a ser tema na Câmara de Osasco, após o bate-boca protagonizado pelo vereador Tinha Di Ferreira (PTB) e o prefeito de Osasco, Rogério Lins (Pode) durante Audiência Pública de Prestação de Contas da Secretaria da Saúde, nessa segunda-feira, 30.

Além de interromper a fala do prefeito, por diversas vezes, Tinha ainda xingou o chefe do Executivo Osasquense. "O senhor é mau-caráter e mentiroso", disse Tinha. 

Os xingamentos aconteceram após o prefeito ter mencionado que o Tribunal de Contas fez uma série de apontamentos em relação à secretaria de Esportes no período que a pasta foi comandada por Tinha. "Teve uma série de apontamos, mas isso não quer dizer que ele fez algo errado. Ele teve tempo de apresentar suas justificativas", dispara. 

O prefeito também rebateu quando o parlamentar o acusou de recebido tratamento diferenciado quando ficou internado no Hospital Antônio Giglio para se recuperar das queimaduras sofridas na explosão da fogueira do Arraiá do Servidor, em junho. "Não fiquei hospedado no Hospital Antônio Giglio. Quase perdi a vida, junto com minha mulher", finaliza o prefeito.

Veja mais notícias sobre Política.