Sidebar Menu

Quem são os apoiadores do presidente na região

Ao menos cinco candidatos ao cargo de prefeito se alinham ao bolsonarismo nos municípios que fazem parte do Cioeste
Jair Bolsonaro, presidente da República (sem partido) - (Foto: Divulgação/José Cruz/Agência Brasil)

O Presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) vinha dizendo ao longo do ano que não se manifestaria nas eleições municipais, mas o jogo político, principalmente na capital paulista, se intensificou nas últimas semanas e Bolsonaro decidiu apoiar nomes que vão contra seus principais desafetos. Em São Paulo, o presidente apoia Celso Russomano (Republicanos), que deve travar uma intensa batalha contra Bruno Covas (PSDB), apoiado pelo governador João Dória (PSDB).

A  reportagem do Giro S/A conseguiu confirmar alguns candidatos ao cargo de prefeito que se alinham ao bolsonarismo nos municípios que compõem o Consórcio Cioeste (Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista). São eles: Vasquinho Gama (PSL) em Carapicuíba, Capitão Ataliba (Pode) em Barueri, Haroldo (PSL) em Pirapora do Bom Jesus e Marcel Muscat (PSL) em Cotia. Em Osasco, depois de uma longa reunião que começou na manhã da quinta-feira, (22/10), o candidato à prefeitura de Osasco, Dr. Lindoso (Republicanos), também confirmou que vai receber o apoio do Presidente da República em sua campanha. A divulgação oficial, porém, deve acontecer apenas no dia 30 de outubro, quando Bolsonaro possivelmente gravará um vídeo. Outros nomes que surfam na onda do Bolsonarismo são os candidatos Julio Leal (PMN), de Barueri, Dateninha (Solidariedade), de Osasco e Juliana Capitã Médica (PRTB), de Santana de Parnaíba.

Nas eleições de 2018, Bolsonaro venceu as eleições nos cinco municípios. Em Osasco ele teve 245.969 votos, em Carapicuíba 115.383, em Barueri 109.197, em Cotia 72.473 e em Pirapora do Bom Jesus 4938 votos. A situação hoje em dia, porém, não está muito favorável ao presidente e tem se modificado constantemente. Muitas das candidaturas apoiadas pelo atual presidente, pelo menos nos grandes colégios eleitorais do país, têm sofrido quedas sucessivas de intenções de voto por conta da atual crise, com desemprego recorde e alta da inflação.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection