Sidebar Menu

"PSDB de Osasco segue firme e vai disputar a eleição", garante vereador Didi

Lindoso que era apontado como pré-candidato do partido, mas deixou a legenda (Foto: Daniel Sá | Giro S/A)

O vereador de Osasco, Didi (PSDB), utilizou a tribuna da Câmara para falar do racha dentro do partido. Neste final de semana, o também vereador, Dr. Lindoso que era apontado, pela direção estadual, como pré-candidato do partido deixou a legenda evai disputar a prefeitura pelo Republicanos. "Ele que vá disputar no partido novo dele, pois o PSDB segue forte e vai para disputa com candidatura própria e podemos até ter chapa pura", dispara. 

O parlamentar ainda falou que o diretório segue forte e que não aceitarão medidas impostas. "Nós vamos para o debate. Não adianta tomar decisão de cima para baixo. Aqui não vamos aceitar dessa forma", completa. 

A candidatura do Dr. Lindoso ganhou apoio do presidente estadual Marco Vinholi. Em dezembro do ano passado, o diretório estadual determinou a intervenção da legenda em Osasco. A decisão aconteceu após uma filiada ao partido ter acusado a executiva municipal de não ter expulsado quatro integrantes do partido. Segundo a denunciante, essas quatro pessoas teriam apoiado a campanha à reeleição de Márcio França (PSB), inclusive, participado de eventos do adversário. Com isso, não apoiaram a campanha de João Doria (PSDB) ao governo do Estado.

Com a intervenção, o vereador Dr. Lindoso assumiu a presidência do PSDB de Osasco no lugar de Silas Bortolosso. No sábado, 7, Lindoso surpreendeu a todos ao deixar a legenda tucana, e consequentemente,  a presidência do partido. No sábado lideranças estaduais e municipais vão definir quem assume o comando do diretório de Osasco. Silas pode reassumir o cargo.

Veja mais notícias sobre PolíticaEleições 2020.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection