Sidebar Menu

Plano estadual de imunização: prefeitos da região participam de reunião com governador do estado

Governo de São Paulo mantém previsão para início da vacinação contra a covid-19 em 25 de janeiro

Na manhã desta quarta-feira (6), o governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), participou de uma reunião virtual com todos os prefeitos paulistas, dentre eles, os mandatários das cidades que compõem as 11 cidades que fazem parte Consórcio Cioeste (Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista). O foco da reunião foi o Plano Estadual de Imunização contra a covid-19, mas também discutiu-se sobre a política econômica estadual e o Plano São Paulo.

No encontro virtual, foram apresentados os detalhes da vacinação contra o coronavírus. A estratégia das autoridades estaduais é iniciar a imunização contra a covid-19 em todas as regiões do estado no dia 25 de janeiro.

LIDERANÇAS DA REGIÃO OESTE DA GRANDE SP
O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), disse estar confiante após as informações sobre o plano de vacinação. "Tivemos acesso ao plano estadual e vamos nos preparar para garantir que a população de Barueri tenha acesso à imunização", declarou. 

Rogério Franco (PSD), prefeito de Cotia, acompanhou a reunião com o presidente da Câmara Celso Itiki (PSD) e o outros vereadores. Já o prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), participou sozinho diretamente de seu gabinete. 

Ao lado do deputado estadual Marmo Cézar (PSDB), o novo prefeito de Santana de Parnaíba, Marcos Tonho (PSDB), aproveitou a oportunidade para solicitar investimentos para Santana de Parnaíba.

COMO VAI FUNCIONAR A IMUNIZAÇÃO
O secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, listou aos prefeitos os detalhes do plano. A primeira etapa de vacinação vai priorizar profissionais da saúde, pessoas com 60 anos ou mais e grupos indígenas e quilombolas. A expectativa do estado é que nove milhões de pessoas sejam imunizadas na primeira etapa, com a aplicação de 18 milhões de doses - prevista até 18 de março.

A campanha coordenada pela Secretaria Estadual da Saúde em parceria com os 645 municípios paulistas visa dobrar o total de postos de vacinação dos atuais 5,2 mil para até dez mil. A estimativa é de que a vacinação envolva cerca de 79 mil profissionais, com 54 mil trabalhadores do setor da saúde e 25 mil agentes da segurança pública para garantir a segurança da população e evitar aglomerações nos locais de imunização.

ECONOMIA
Também presente no encontro, o Secretário da Fazenda, Henrique Meirelles (MDB), destacou o atual momento econômico de São Paulo e as perspectivas para retomada da economia em 2021. "A pandemia impactou a economia paulista, mesmo em setores que não foram afetados pela quarentena. Com a retomada gradual das atividades econômicas sob as diretrizes do Plano São Paulo, o PIB paulista voltou a crescer".

Em outubro, Doria apresentou o programa Retomada 21/22, com previsão de R$ 36 bilhões para impulsionar a economia do estado e gerar cerca de dois milhões de empregos. Segundo Meirelles, a iniciativa inclui 19 projetos para atração de investimentos privados nacionais e estrangeiros em todas as regiões do estado.

Veja mais notícias sobre CoronavírusPolítica.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection