Sidebar Menu

​Luiz Fux é eleito novo presidente do STF

Ele assume o lugar de Toffoli em setembro
Luiz Fux também é professor livre docente na área de direito cívil. (Foto: Agência Brasil)
O ministro Luiz Fux foi eleito, na tarde dessa quinta-feira (25), para a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) pelos próximos dois anos.

A eleição é feita pelos ministros do Tribunal e tinha previsão de, inicialmente, ocorrer em agosto. Devido à pandemia, a votação foi adiantada.

Fux foi eleito com 10 votos favoráveis e um contrário. É comum que o ministro que assumirá a presidência vote em seu vice.

Ele assumirá a presidência da Corte em 10 de setembro no lugar do ministro Dias Toffoli.

As eleições no Supremo são protocolares. O tribunal adota para sucessão de seus presidentes um sistema de rodízio, que tem como base o critério de antiguidade. É eleito o ministro mais antigo que ainda presidiu a Corte.

Na mesma sessão, a ministra Rosa Weber foi eleita vice-presidente do Supremo para os próximos dois anos.

Após a eleição, o ministro Luiz Fux agradeceu e afirmou que vai lutar incansavelmente para manter o STF no mais alto patamar das instituições brasileiras.

Perfil

Luiz Fux nasceu no Rio de Janeiro, em abril de 1953. Ele se formou em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) em 1976.

Por dois anos exerceu a advocacia. Foi promotor de Justiça por três anos. Em 1983, ingressou na magistratura como juiz estadual.

Fux passou 10 anos no Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde se especializou na área civil. Ele também é professor livre docente da área e coordenou a reformulação do novo Código de Processo Civil, sancionado em 2015.

Em 2011, foi nomeado pela então presidente Dilma Rousseff, como ministro do Supremo, ocupando a vaga do ministro Eros Grau, que se aposentou no mesmo ano.

O novo presidente do STF é um rígido defensor da aplicação da Lei da Ficha Limpa, que foi aprovada em 2010 e impede a candidatura de políticos condenados por crimes por tribunais colegiados.

Em 2018, tomou posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral, substituindo o ministro Gilmar Mendes.


Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection