Sidebar Menu

Lins entrega na Câmara projeto do Bilhete para Osasco

​Prefeito de Osasco também fez balanço de sua gestão 

O prefeito Rogério Lins (Pode) entregou nesta terça-feira, 6, ao presidente da Câmara de Osasco, vereador Ribamar (Sem Partido) o Projeto de Lei que prevê a implantação do Bilhete Único. 

O projeto segue para tramitação na Casa e deve ser votado ainda no segundo semestre. A intenção do prefeito é que o serviço que garante a gratuidade por até duas horas entre em operação até janeiro de 2020. O subsídio será de R$ 1,2 milhões.


Lins também falou que entregará, na semana que vem, o projeto para a renovação do contrato da Sabesp. "Fizemos a série de exigências, uma delas é com relação a qualidade do asfalto utilizado pela empresa. Então, ficou acertado que se utilizarem material de qualidade terão que recapear a rua toda", garante acrescentando que solicitará um terreno na Vila dos Remédios como contrapartida. "Tem um terreno naquela região e vamos pedir de contrapartida para implantar projeto importante naquela região", completa.


Na sessão, o prefeito ainda pontuou os avanços da gestão e destacou a segurança. "Aliado a tecnologia conseguimos reduções significativas nos índices de latrocínio, roubos e furtos. Sabemos que ainda há um longo caminho a ser trilhado, mas em parceria com o Estado estamos avançando nessa questão", disse.

O prefeito também abordou a construção do Hospital Infantil que deve ser construído na zona norte de Osasco e lembrou que inicialmente a área que pertence a CMTO seria vendida para que a unidade fosse construída. "Já publicamos a licitação e logo, se tudo correr bem, vamos iniciar a obra", finaliza.

Veja mais notícias sobre Política.