Sidebar Menu

EXCLUSIVO: "Lili e Aymar pagam por suas escolhas", diz novo prefeito

Novo prefeito demitiu secretários e revela que dívidas chegam à R$ 20 milhões.

Joca ainda lembra que essa é a segunda vez que assume o cargo do prefeito. (Foto: Caio Giovani/Mais Oeste)

O recém-empossado prefeito de Araçariguama, João Batista Júnior, o Joca (sem partido), revelou que se afastou do governo da ex-prefeita Lili Aymar (PV) por não concordar com as escolhas da gestão. "A Lili e o Aymar estão pagando pelas escolhas que fizeram. Me afastei da administração, logo no começo, por não concordar", completa.

Joca ainda lembrou que essa é a segunda vez que assume o cargo do prefeito. "Em fevereiro fui empossado quando ela foi afastada pela Câmara e a Lili retornou ao conseguir uma liminar da Justiça. Essa questão desgasta a cidade e a população fica desacreditada. Os empresários desistem de investirem na cidade. Não fico feliz com tudo o que tem acontecido", garante.

A primeira medida adotada pelo novo prefeito foi demitir os secretários da antiga gestão. "Escolhemos pessoas que tenham a mesma linha de pensamento", explica.

O prefeito pontuou que o principal desafio será arrumar as finanças e que as dívidas chegam a R$ 20 milhões. "Eles devem para quem entrega água, para o pessoal do lixo, devem para todo mundo, não tem para quem não deva. Para resolver essa questão tenho que enxugar a folha de pagamento, pois, a Prefeitura não pode parar", promete.

Joca revelou ainda que não tem intensão de disputar a reeleição. "Tive que escolher entre ser administrador ou político. Então, escolhi ser administrador e não vou disputar a eleição do ano que vem", finaliza.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também: