Sidebar Menu

EXCLUSIVO: Se a eleição fosse hoje, Rubens Furlan seria reeleito em Barueri

Sondagem do Instituto MAS Pesquisa, encomendada pelo Giro S/A, revela resultado da intenção de voto da corrida eleitoral 2020
Até julho, Barueri registrava 261.428 eleitores aptos a votar (Foto: Edivaldo Santana - Giro S/A)

Nas eleições municipais de 2016, dos 245.027 eleitores aptos a votar, Rubens Furlan (PSDB) foi eleito prefeito de Barueri pela quinta vez, com 143.250 votos, o que correspondeu a 84,73% dos votos válidos. Saulo Goes (PSOL) ficou em segundo lugar, com 19.122 votos ou 11,31% dos votos válidos. Até julho deste ano, Barueri registrava 261.428 eleitores aptos a votar, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Levantamento do Instituto MAS Pesquisa, realizado nos dias 19 e 20 de agosto com 393 eleitores de Barueri, aponta que o atual prefeito Rubens Furlan possui 65,3% das intenções de voto. Já quando questionados sobre a aprovação do trabalho do prefeito, 83,2% dos entrevistados responderam que aprovam, 9,7% desaprovam e 7,1% não sabem ou não responderam. Um dado que chama a atenção é a intenção de voto espontânea. Sem mencionar o nome dos pré-candidatos a prefeito de Barueri, quando questionados em quem votariam se a eleição fosse hoje, 25,5% dos entrevistados citaram o nome de Rubens Furlan e 66,3% não sabem ou não responderam (veja os detalhes das projeções nos gráficos abaixo). 

Cientista político analisa cenário
Na avaliação do cientista político e sociólogo Marcos Agostinho Silva, diretor do Instituto MAS Pesquisa, o fato de Furlan figurar somente com 25,5% da intenção de voto espontânea tem explicação. "Dos prefeitos da região, Rubens Furlan foi o que menos se expôs durante o ápice da ação de combate ao coronavírus, uma vez que o município, em minha opinião, oferece infraestrutura capaz de atender a sua população, sem a necessidade de grande malabarismos como usar um ginásio para a construção de um hospital de campanha, por exemplo. Um político da estatura do Furlan, disputando o seu sexto mandato a prefeito da cidade, não precisa de grandes pirotecnias de comunicação para atingir o seu eleitorado. Mas para os padrões do político, causa certa estranheza o candidato aparecer com apenas 25,6% de intenção de voto", pondera.


Rubens Furlan cumpre 5º mandato à frente da prefeitura de Barueri (Foto: Edivaldo Santana - Giro S/A)

Uma vida dedicada à política
Rubens Furlan nasceu em 1952 na cidade de Sorocaba, SP. Quase um terço de seus 67 anos de vida, têm sido dedicados exclusivamente para a administração pública de Barueri, onde ocupa o cargo de prefeito pela quinta vez. Furlan entrou para a política ainda jovem. Em 1976, aos 24 anos, é eleito ao cargo de vereador da cidade de Barueri com 570 votos. Após completar um mandato de seis anos, assume presidência da Câmara entre 1979 e 1981, ano em que conclui o curso de Direito pela Faculdade Integrada de Osasco.

No ano seguinte é eleito prefeito de Barueri e cumpre o primeiro mandato entre 1983 e 1988. Também foi deputado estadual entre 1991 e 1992 e deputado federal entre 1998 e 2002. Em recente entrevista à reportagem de Giro S/A, publicada em 20 de agosto, o político não escondeu o desejo de governar São Paulo. "Há muitos anos, eu ainda era estudante do ensino fundamental e aprendi o teorema de Pitágoras, que foi um dos primeiros matemáticos da história. Ele dizia assim: 'o início é a metade do todo'. Desde que eu entrei na vida pública, eu estava na metade de algum lugar (risos). Conforme fui evoluindo, comecei a ter sonhos. Não descarto a possibilidade de uma candidatura não, principalmente nos dias de hoje. Eu sou político e ainda tenho vontade de ser governador", revelou. Pai de quatro filhos, Bruna, Rubens Junior, Felipe e Priscila, é casado com Sônia Dias Furlan.

A seguir, confira as projeções para a corrida eleitoral 2020 em Barueri


Intenção de voto espontânea
Sem mencionar o nome dos pré-candidatos a prefeito de Barueri, quando questionados em quem votariam se a eleição fosse hoje, os entrevistados responderam: Rubens Furlan (25,5%), Mari Tavelli (0,8%), Gil (0,5%), Herneto (0,3%), Júlio Leal (0,3%), Rafa (0,3%), Reginaldo (0,3%), Toninho (0,3%), Nulo/Branco (0,8%), nenhum (4,8%) não sabem ou não responderam (66,3%).

Intenção de voto estimulada
Quando apresentados os nomes dos pré-candidatos, a pesquisa revela que Rubens Furlan figura com 65,3%, seguido por Júlio Leal (1,3%), Mari Tavelli (1,3%), Reinaldo Monteiro (0,8%), Baltazar (0,5%), rejeita a todos (10,7%), não sabem ou não responderam (20,2%).

Rejeição dos pré-candidatos
Questionados sobre os pré-candidatos que não votariam de jeito nenhum para prefeito de Barueri, o nome de Baltazar aparece com 5,9%, Rubens Furlan (3,8%), Mari Tavelli (2%), Reinaldo Monteiro (2%), Júlio Leal (0,8%), rejeita a todos (28,8%), não sabem ou não responderam (56,6%).

Aprovação do atual governo municipal
No levantamento elaborado pelo Instituto MAS Pesquisa, quando questionados sobre a aprovação do trabalho do prefeito de Barueri Rubens Furlan, 83,2% dos entrevistados responderam que aprovam, 9,7% desaprovam e 7,1% não sabem ou não responderam.

Combate ao coronavírus
Indagados sobre a aprovação ou desaprovação do trabalho do prefeito Rubens Furlan no combate ao coronavírus, 71,2% dos entrevistados disseram que aprovam a atuação do prefeito, enquanto 18,6% desaprovam e 10,2% não sabem ou não responderam. 

Metodologia da pesquisa
A Pesquisa de Avaliação e Intenção de Voto do Instituto MAS Pesquisa obedece ao regime de quotas do TSE de 2020, sob o número de identificação do Registro Eleitoral: SP-01044/2020. O Instituto MAS Pesquisa ouviu 393 eleitores, residentes na cidade de Barueri entre os dias 19 e 20 de agosto. A estratificação da pesquisa compõe: sexo, idade, região, escolaridade e religião. A margem de erro é de 4,9% para mais ou para menos.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection