Sidebar Menu

Deputados gastaram R$ 9 milhões no ano passado

Emidio foi o que mais gastou os recursos e Ataide Teruel foi o mais econômico

Em apenas oito meses e 15 dias de mandato, os quatro deputados estaduais da região, Ataide Teruel (Pode), Cezar (PSDB), Emidio de Souza (PT) e Gilmaci Santos (Rep) gastaram juntos R$ 8.849.864,37 com os próprios salários, verbas de gabinete e assessores.

Cada parlamentar recebe pagamento de R$ 25,3 mil e até R$ 33 mil para gastos com gráfica, hospedagem, comida, carros, entre outros. Além disso, mais R$ 160,4 mil para contratação de até 23 assessores.

Emidio foi o que mais gastou totalizando R$ 2.474.553,99 entre verbas de gabinete e assessores. O que menos gastou com as mordomias foi o deputado Ataide Teruel com R$ 806.368,22.

O deputado estadual Emidio de Souza não usou o valor mencionado. Os números estão inflados. Os valores efetivamente aplicados no gabinete para o trabalho são menores que os apresentados pela reportagem. Não bastasse isso, o jornal sequer atentou-se ao fato que apresentou um dado em texto e outro diferente em tabela.

Todos os recursos utilizados pelo gabinete do deputado Emidio respeitam a legislação e foram utilizados exclusivamente para o trabalho desenvolvido pelo deputado: destinação de recursos para prefeituras e entidades sociais, fiscalização do governo, apresentação de projetos, atendimentos diários à população no gabinete e no escritório em Osasco e tantas outras atividades.

Já o deputado Cezar, na abertura dos trabalhos da segunda sessão legislativa da 19ª Legislatura, foi anunciada a devolução de R$ 146 milhões economizados do orçamento do Legislativo em 2019 ao Poder Executivo. É resultado da economia alcançada ao longo do ano passado no Parlamento Paulista. Este trabalho de conscientização e economia continuará neste ano de 2020.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection