Sidebar Menu

Cotia aprova contratação de mulheres vítimas de violência

A ideia é garantir oportunidades de trabalho às vítimas.

A Câmara de Cotia aprovou na sessão dessa terça-feira, 8, o Projeto de Lei 53/2019 de autoria do presidente da Câmara, vereador Dr. Castor (PSD) que incentiva as empresas situadas no município contratarem mulheres vítimas de violência doméstica. Segundo a proposta, a ideia é garantir oportunidades de trabalho às vítimas que estejam com medida protetiva, como é estabelecido pela Lei Federal 11.340 de agosto de 2006.

De acordo com o autor da proposta, 5% das vagas das empresas devem ser destinadas às vítimas de violência. O objetivo da lei é oferecer às mulheres vítimas de violência a oportunidade de um emprego para reconstruírem suas vidas. "Muitas mulheres permanecem em seus lares sem renda própria, e algumas se tornaram dependentes economicamente e psicologicamente de seus maridos e companheiros, tal assunto é de extrema relevância, baseado na inclusão social, no princípio da dignidade e no fundamento da valorização do trabalho, buscando ampará-las e auxiliá-las na superação do trauma ocasionado pela violência", disse o parlamentar.

Cotia é a primeira cidade a adotar esse tipo de medida. Agora, que foi aprovado o PL seguiu para sanção do prefeito Rogério Franco (PSD).

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também: