Sidebar Menu

Bruna Furlan nega faltas em votações na Câmara dos Deputados

Parlamentar revela que chegou a se deslocar de cadeiras de rodas ou muletas para as votações

A deputada federal Bruna Furlan (PSDB) utilizou as redes sociais para desmentir uma matéria publicada pelo site G1.com, que aponta a parlamentar, eleita pela região, como uma das que mais faltou em votações nominais na Câmara dos Deputados. Segundo a reportagem, Bruna teria faltado a 112 das 144 votações deste ano. 

Bruna explica que todas as ausências foram justificadas com requerimentos por atividade parlamentar ou motivo de saúde. "Estive presente em 86,4% das sessões deliberativas e mais da metade das votações que perdi foram sobre procedimentos regimentais, quebra de interstício, inversão de pauta, retirada de pauta", explica.

A parlamentar ainda revelou que chegou a se deslocar de cadeiras de rodas para as votações em plenário. "Estava em Brasília e com presença nas sessões, mas não votei procedimentos regimentais aguardava no gabinete o início das votações importantes e me deslocava de cadeira de rodas ou muleta. Trabalho com o que gosto e muito feliz, quem me conhece sabe do esforço e dedicação", completa. 

Na postagem, a parlamentar ainda agradeceu o deputado federal, José Medeiros (Pode/MT) que a defendeu durante pronunciamento na Câmara dizendo que Bruna 'parece um tratorzinho movido à pilha de tanto que trabalha'. "O senhor deputado José Medeiros é um parlamentar extremamente dedicado às atividades e uma pessoa de bom coração. Te agradeço muito a solidariedade", finaliza.

Veja mais notícias sobre Política.