Sidebar Menu

Prefeito nega fechamento de escolas e demissões

"São pessoas mentirosas que procuram aterrorizar a população", afirma João Batista Júnior

O recém-empossado prefeito de Araçariguama, João Batista Júnior, o Joca (sem partido), negou em entrevista ao Giro S/A, os boatos de que escolas serão fechadas em Araçariguama. "São pessoas mentirosas que procuram aterrorizar a população. São inescrupulosos, que não têm responsabilidade", disse explicando as escolas dos bairros do Igaveta e Bom Jardim serão construídas. "Atualmente, as unidades desses bairros são alugadas, então, nós pretendemos construir prédios próprios e deixar de pagar aluguel", completa.

O prefeito explicou também, que o aluguel de uma das unidades chega a R$ 10 mil por mês. "Para construir uma nova unidade os custos podem chegar a R$ 200 mil, então, em 20 meses o município recupera o investimento", alerta.

Joca ainda falou sobre os boatos de que estaria preparando demissão de funcionários para o dia 30 de novembro. Ele negou e disse que não existe um planejamento para realizar a demissão de funcionários. "Existe um grupo de pessoas que ficam criando boatos para assustar a população, mas isso não é verdade. Não vamos demitir ninguém", garante o prefeito que ainda desmentiu os boatos de que parentes estão trabalhando na gestão. "Espalharam boatos até de nepotismo, mas não tenho parentes na Prefeitura, nem minha esposa trabalha na administração", finaliza. 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também: