Sidebar Menu

Carapicuíba: Mulher é presa em flagrante por oferecer tratamentos estéticos em clínica clandestina

Procedimentos eram realizados sem a presença de um médico ou profissional devidamente habilitado 
Após denúncia anônima, investigadora foi até o local e se passou por cliente (Foto: Divulgação/Polícia Civil) 

Uma mulher de 38 anos foi presa, na última terça-feira (15), pelo exercício ilegal da medicina em uma clínica clandestina, no Centro de Carapicuíba. Aplicações de botox, por exemplo, intervenção que deve ser feita somente por médicos e profissionais especializados, era oferecido no local. 

Segundo as investigações, após denúncia anônima, uma investigadora foi até a clínica e se passou por cliente. "Ela foi atendida por uma mulher que se identificou como médica, fez avaliação e demonstrou que era responsável pela estabelecimento, no entanto, sem formação para exercer o procedimento", disse o delegado do 1º DP de Carapicuíba, Marcelo José do Prado.

Durante o flagrante, a mulher afirmou ser estudante de Medicina em uma universidade de São Paulo e que os procedimentos eram realizados por uma médica que não estava no local, porém, para a investigadora, afirmou ser a responsável. A falsa médica foi encaminhada para a cadeia pública de Barueri e presa, pois o crime de exercício ilegal da medicina é inafiançável. 

Materiais apreendidos em clínica clandestina (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Veja mais notícias sobre Polícia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection