Sidebar Menu

Adolescente de Osasco é morta pelo ex-namorado na Lapa, em SP

Os jovens haviam terminado o relacionamento há poucos dias e a vítima havia ido ao apartamento para buscar seus pertences
Casal havia terminado o namorado recentemente (Divulgação/Reprodução Rede Social)

Um motoboy de 24 anos foi preso em flagrante após assassinar sua ex-namorada de 16 anos, moradora da zona norte de Osasco. O crime ocorreu na noite de terça-feira (15), na rua Cerro Corá, altura do número 979, na Lapa, zona oeste de São Paulo. 

De acordo com a Polícia militar (PM), os militares foram acionados para atender uma ocorrência de agressão com disparo de arma de fogo e, no local, um apartamento, foram recepcionados pelo pai e pela madrasta do feminicida, Thayan Alves Yorinobi, de 24 anos. As testemunhas informaram que o rapaz estava com sua namorada, Thalya Hellen Moreira de Deus, de 16 anos, no quarto quando ouviram um barulho estranho.

Após ouvirem os disparos, os familiares do criminoso abriram a porta e encontraram o casal caído com manchas de sangue ao redor. O rapaz estava consciente, mas apresentava falas desconexas.

O resgate foi acionado e constatou o óbito da adolescente. O rapaz foi levado ao Hospital das Clínicas, onde passou por procedimento cirúrgico e permaneceu sob escolta policial. O pai do autor disse não ter conhecimento se o jovem fazia uso de drogas e desconhecia que o filho tinha uma arma.

A reportagem apurou que o autor do crime tinha muito ciúmes da garota e perseguia amigos dela de tão possessivo que era. Há informações em investigação para checar se o pai do homicida que foi até a casa da menina e a levou até o apartamento na Lapa, sabia do crime.

A arma usada foi comprada na segunda-feira (14). Os jovens haviam terminado o relacionamento há poucos dias e a vítima havia ido ao apartamento para buscar seus pertences. A perícia esteve no local dos fatos e apreendeu o revólver calibre .38, com numeração raspada.

O caso foi registrado pela 4ª DDM, que autuou o motoboy em flagrante por feminicídio, violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada. As investigações seguem por meio de inquérito policial.

Veja mais notícias sobre Polícia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/