Sidebar Menu

​Ventilador pulmonar criado pela USP custa 15 vezes menos

Testes comprovaram eficiência do aparelho
O aparelho pode ser produzido em duas horas e é mais barato que os disponíveis no mercado (Foto: Reprodução/Poli)

O protótipo Inspire criado por engenheiros da Escola Politécnica (Poli) da USP, passou pelos testes finais. Os documentos relativos ao projeto serão enviados aos órgãos competentes, incluindo à Anvisa.

O ventilador pulmonar emergencial Inspire, desenvolvido na USP pode ser produzido em duas horas e é mais barato que os disponíveis no mercado. O Inspire custa R$ 1 mil enquanto os convencionais custam, em média, R$15 mil.

O aparelho foi desenvolvido pela equipe do professor da Poli, Raul González Lima. Além da rápida produção, o equipamento tem como principal vantagem o custo: enquanto os ventiladores convencionais custam, em média, R$ 15 mil, o valor do Inspire é de R$ 1 mil.

A Poli informou que nos dias 17, 18 e 19 de abril, realizaram-se estudos com humanos, seguindo os trâmites da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa.

O ensaio, sob a coordenação do professor José Otávio Auler Junior, teve também a colaboração da professora Filomena Galas, da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), e do fisioterapeuta Alcino Costa Leme.

Foram feitos testes em quatro pacientes, no Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP e o respirador foi aprovado, não havendo problemas com os pacientes. Também foi realizado um estudo com dois animais, nos dias 13 e 14 de abril.

O aparelho foi registrado com uma licença open source, que permite a qualquer pessoa ou empresa acessar o protocolo de manufatura e fabricá-lo, bastando apenas obter uma autorização da Anvisa.


Veja mais notícias sobre Geral.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection