Temer diz na China que o PIB teve uma “boa solução” ao comentar alta de 0,2%

Segundo dia de visita do presidente Michel Temer à China (Foto: Paulo Barata/PR)

No seu segundo dia na China, o presidente Michel Temer disse hoje (1º), em Pequim, que o Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e produtos produzidos no país) teve uma "boa solução" ao comentar a alta de 0,2% divulgada nesta manhã.

Para Temer, a alta do PIB revelou que o Brasil está "crescendo e se recuperando". "Foram 720 mil empregos nesses últimos 90 dias, também revelação de que o Brasil está melhorando", acrescentou.

O PIB fechou o segundo trimestre do ano com alta de 0,2% na comparação com primeiro trimestre, na série ajustada sazonalmente. Na comparação com o segundo trimestre de 2016, a variação do PIB foi de 0,3%.

Os dados fazem parte de pesquisa divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, o PIB acumulado nos quatro últimos trimestres continua negativo em 1,4% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

Após reunião hoje no Grande Palácio do Povo com o presidente Xi Jinping, com o primeiro-ministro Li Keqiang e com o presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, Yu Zhengsheng, Temer afirmou estar "impressionadíssimo" com o interesse da China pelo Brasil. "Os comentários que tivemos nessas reuniões foram a respeito da recuperação que o Brasil está tendo. A China e o mundo acreditam no Brasil", disse.

Agência Brasil

Fachin dá mais 60 dias para JBS apresentar novas p...
Rubens Furlan tem nome alçado a candidato a govern...