Sidebar Menu

Quase 20% admite usar celular ao volante, segundo estudo

Jovens são os que mais admitem esse tipo de comportamento
Direção e celular podem ser fatais

Dados do Ministério da Saúde revelam que 19,3% da população das capitais brasileiras usam o celular enquanto dirigem. Isso significa que de cada 5 pessoas, uma afirmou que comete esse ato. 

A informação é do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018. O ministério alertou ainda que os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país.
Pessoas com idades entre 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (26,1%), com 12 anos de estudo ou mais, são as que mais assumem esse comportamento de risco. Motoristas com nível superior também são os que mais recebem multas por excesso de velocidade e que associam o consumo de bebida alcoólica e direção.
O Vigitel 2018 mostra que 11,4% da população entrevistada afirmou já ter recebido multas de trânsito por excesso de velocidade. O comportamento de risco foi identificado mais em homens (14%) do que em mulheres (7%), de 25 a 34 anos (13,4%), e de maior escolaridade (13%).
A proporção de adultos que conduziram veículos após consumo de qualquer quantidade de bebida alcoólica foi de 5,3%, sendo maior entre homens (9,3%) do que mulheres (2%).
Os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país. Em 2017, de acordo com o Ministério da Saúde, 35,3 mil pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito e 166.277 foram internadas. Os gastos com as internações foram de R$ 229,2 milhões. (Agência Brasil)

Veja mais notícias sobre Geral.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection