Sidebar Menu

Isolamento social segue baixo na região às vésperas do anúncio da flexibilização

Governador decide nessa quarta-feira se região vai poder flexibilizar

As taxas de isolamento na região registradas pelo Sistema de Monitoramento Inteligente (Simi), que utiliza os dados da telefonia celular, seguem insatisfatórios para conter o avanço do coronavírus.

Santana de Parnaíba, que é a cidade que tem se saído melhor nos índices, não alcançou nem 50% no último levantamento, feito ontem (1).

O isolamento mínimo recomendado pelo  Centro de Contingência da Coronavírus. para não sobrecarregar o sistema de saúde, deveria ser 55%, e bem longe da meta, que era de 70%.

Para se ter uma ideia, no feriado de Páscoa, em Portugal, os índices de adesão ao isolamento chegaram a 79%. Enquanto aqui, no mesmo feriado, a maior cidade auferida até então foi Carapicuíba, com 64%, bem abaixo.

Os números seguem baixos enquanto que nas prefeituras segue a expectativa pelo anúncio, que deve ser feito nesta quarta-feira (3), pelo governador João Doria (PSDB) se a região entra ou não na Fase Laranja, em que shoppings centers (com proibição de abertura das praças de alimentação), comércio de rua e serviços em geral podem funcionar com capacidade limitada a 20%, horário reduzido para quatro horas seguidas e adoção dos protocolos padrão e setoriais específicos.(atualmente a região está na Fase Vermelha, sem alteração na autorização para abertura dos estabelecimentos não essenciais). 

Veja mais notícias sobre Geral.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection