Sidebar Menu

CCJ do Senado votará projetos sobre armas

​Divergência entre parlamentares marca tramitação da anulação do Decreto presidencial 
Decreto presidencial é questionado no Congresso e Judiciário - Foto: Freepik

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado planeja votar na próxima quarta-feira (12) o relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES) sobre os projetos de decreto legislativo (PDLs) que suspendem o decreto com as novas regras sobre armas de fogo editado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Favorável ao decreto, o parlamentar concluiu a leitura do seu relatório, sugerindo a rejeição dos PDLs. Já os senadores Major Olímpio (PSL-SP) e Juíza Selma (PSL-MT) apresentaram requerimento solicitando a realização de audiência pública para discutir as novas regras. Porém, o pedido foi rejeitado por 16 votos a 4. "Eu pedi a audiência pública para trazer mais argumentos. O sentimento que tive hoje foi de que não quiseram a audiência pública porque já estão decididos a rejeitar o relatório", afirmou Major Olímpio.

Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor de um dos PDLs, o requerimento visava apenas adiar a votação.

Se o relatório de Marcos do Val for rejeitado, será lido o voto em separado de Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), favorável à suspensão do decreto. (Agência Brasil)

Veja mais notícias sobre Geral.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection