Sidebar Menu

Alunos se unem para ajudar professor que está há 2 meses sem receber

Caso ocorrido no Ceará já percorre o mundo
Professor que não recebia salário se emociona com atitude de seus alunos (Foto: Redes sociais)

A notícia sobre o professor de artes, Bruno Rafael Paiva, que estava há dois meses sem salário e recebeu seu primeiro pagamento devido a uma vaquinha de seus alunos percorreu as redes sociais.

Embora formado em música, o professor da Escola Estadual de Educação Profissional Balbina Viana Arrais, no Ceará, trabalhou por quase dois meses sem receber salário.

"Esse mês quando vi que não ia receber depois de um mês e meio de trabalho, vi tudo ficar preto, afundei na depressão preocupado e perdido sem saber como ia pagar as contas e ajudar minha família que está de mudança e com muitas barreiras na vida", escreveu Bruno no Facebook.

Os alunos se uniram, compraram uma cesta de chocolate e a rifaram. O valor arrecadado de R$ 400 foi entregue ao professor, que se emocionou com o gesto.

O professor explicou a uma rede de televisão local que os pagamentos sempre chegam atrasados e isso faz parte do processo, mas que estava passando por dificuldades no momento da doação, que aconteceu no mês de junho.

"É uma situação que você precisa amar o que faz e seguir em frente", desabafou o professor durante a entrevista.

A história do educadir percorreu vários países como Inglaterra, Japão e Iraque.

"Recebo mensagens de todo o mundo querendo me ajudar. As pessoas são muito solidárias, prontas para o bem", declarou.

Editado de Razões para Acreditar

Veja mais notícias sobre Geral.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection