Sidebar Menu

EUA liberam oficialmente vídeos com imagens de óvnis

 Os registros das aparições são de 2004 e 2015
A entidade de defesa também classifica as imagens registradas como "fenômenos aéreos não identificados". (Foto: Divulgação)


Uma das principais questões que a humanidade sempre buscou é a existência de outras formas de vida fora do planeta Terra. O que então era considerado ficção se confirmou. Na noite de segunda-feira (27), o Departamento de Defesa dos Estados Unidos liberou oficialmente três vídeos onde pode ser visto objetos voadores não identificados (óvnis).

Os registros foram obtidos pela organização norte-americana To The Stars Academy of Arts e Sciencies, que foram publicados pelo New York Times entre 2017 e 2018. Sua autenticidade foi confirmada pelas Forças Armadas norte-americanas.

Segundo Sue Gough, porta-voz do Pentágono, as imagens foram divulgadas agora para esclarecer equívocos do público acerca da veracidade das imagens. Em nota divulgada pelo órgão, a liberação desses vídeos não coloca em risco a segurança norte-americana e nem interfere na investigação dessas ocorrências. A entidade de defesa também classifica as imagens registradas como "fenômenos aéreos não identificados".

Em um dos vídeos divulgados, é visto um encontro entre um caça das Forças Armadas e um óvni perto de San Diego, na Califórnia, em 2004. Segundo o relatório vazado, o objeto tinha 13,7 metros de comprimento e "não possuía meios visíveis de sustentação".

No outro, é possível ver aviões militares avistando óvnis em 2015, durante um sobrevoo pela costa leste dos Estados Unidos. O objeto de forma oval cruza os céus em alta velocidade. "Caramba, cara", disse um piloto de um dos jatos F-18 Super Hornet da Força Aérea dos EUA ao se deparar com o objeto. "Uau, o que foi aquilo?", disse outro.

Os óvnis avistados em 2015 tinham formas de manchas escuras e claras nas imagens, tinham 12 metros de comprimento e, segundo, o Pentágono, supostamente poderiam mudar de rota em segundos.

Confira abaixo os vídeos liberados:



Veja mais notícias sobre Mundo.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection