Sidebar Menu

Covid-19: Emissões de CO2 tem maior queda registrada em 80 anos

Mês de abril registrou queda de 17% na poluição mundial
A revista científica Nature Climate Change divulgou um boletim científico sobre as emissões mundiais de CO2 advindos partir de combustíveis fósseis em todo mundo, no mês de abril, o foi registrado uma queda de 17%.

De acordo com a publicação, a principal causa desses índices é devido a pandemia do pandemia do coronavírus e suas consequência como o isolamento social.

Mesmo com um bom percentual, que não é registrado desde a Segunda Guerra Mundial, terá pouco efeito sobre o aquecimento global, afirmaram cientistas na última terça-feira (19).
A China, os Estados Unidos, União Europeia e a Índia, que respondem por 2/3 do recuo nos primeiros quatro meses de 2020, o equivalente a pouco mais de 1 bilhão de toneladas de CO2.

De acordo com um estudo feito pela Universidade East Anglia, no leste da Inglaterra, se e a economia mundial retornar aos níveis pré-pandemia em meados de junho, as emissões de CO2 em 2020 deverão cair apenas 4%. Se as restrições em vigor em vários países continuarem até o fim do ano, o declínio será de cerca de 7%.

Para evitar que a temperatura média do planeta suba mais de 1,5º C até 2100, como pretende o Acordo de Paris, seria necessário que as emissões caíssem 7,6% todos os anos, ao longo da atual década.

Veja mais notícias sobre Mundo.

Veja também:

 
No Internet Connection