Sidebar Menu

Covid-19: Alemanha e França anunciam fundo de 500 bilhões

Comissão Europeia irá gerenciar o projeto
Macron e Merkel durante coletiva de imprensa realizada virtualmente.
Em coletiva de imprensa virtual realizada nessa segunda-feira (18), a primeira-ministra Angela Merkel anunciou e o presidente francês Emmanuel Macron, anunciou a criação de um pacote de 500 bilhões de euros (R$ 3,1 trilhões de reais) de estímulo para reativar as economias da União Europeia (UE) afetadas pela pandemia de coronavírus.

Quem ficará responsável para definir onde e como os recursos serão aplicados será a Comissão Europeia, órgão executivo da UE.

Na coletiva de imprensa virtual, os líderes destacaram que os recursos irão ajudar a economia do bloco a se recuperar da recessão trazida pela pandemia.

Inicialmente, os alemães ficaram receosos em participar do projeto. Entretanto, os líderes disseram que realizarão "acordo rápido" com outros membros da UE para aprovar o fundo de recuperação.

A proposta, no entanto, encontrou resistência de alguns países mais fiscalmente conservadores do bloco, como a Holanda.

Há uma preocupação nas capitais europeias de que a pandemia e a resposta descoordenada inicial do bloco poderia impulsionar o sentimento anti-UE entre os Estados-membros

Macron fez questão de enfatizar a importância de respostas globais ao novo coronavírus.

Em nota, a presidente da Comissão Europeia Ursula Von der Leyen que a proposta reconhece e contempla de forma ampla a crise que o continente vive.

Veja mais notícias sobre MundoCoronavírusEconomia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection