Sidebar Menu

Cinco mil brasileiros ainda não retornaram do exterior

 De acordo com o Itamaraty, 13 mil brasileiros já foram trazidos
Com o avanço da pandemia do novo coronovírus por todo o mundo, uma das principais consequências foi o fechamento de fronteiras e de aeroportos, além do cancelamento de inúmeros voos internacionais. Tal situação acabou por deixar, de acordo com o Itamaraty, mais de cinco mil brasileiros no exterior para serem cadastrados e repatriados.

Segundo o Secretário de Relações Internacionais da Câmara, deputado Alex Manente (Cidadania-SP), já foram trazidos outros 13 mil brasileiros. A prioridade foi dada para aqueles que estavam em viagens temporárias no exterior, como turistas.

Para trazer de volta os brasileiros, o Itamaraty tem usado voos da Força Área Brasileira (FAB) e fretados. A maioria dos cidadãos que aguardam retorno está Portugal. A operação de repatriação já mobilizou mais de 90 países. Segundo Alex Manente, dependendo do tempo que durar o confinamento em alguns países, é provável que mais brasileiros peçam auxílio para voltar.

"Eu creio que, dependendo do prazo da pandemia, é natural que nós tenhamos um aumento das pessoas que esgotam o período que iriam estudar, que não têm mais no intercâmbio onde ficar, as hospedagens. Então naturalmente, com o passar do tempo, com a evolução do confinamento com a pandemia, nós teremos mais brasileiros necessitando da repatriação", observou.

Veja mais notícias sobre Mundo.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection