Sidebar Menu

Temporada 2020 da Fórmula 1 começa nesse domingo

Calendário terá oito corridas
Ao todo, 11 corridas foram canceladas. (Foto: Agência Brasil)

Começa nesse domingo (5) a temporada 2020 da Fórmula 1, no Grande Prêmio (GP) de Spielberg, na Áustria. O local também receberá a segunda corrida na semana seguinte.

Com transmissão marcada para 10 horas, na Rede Globo, a principal categoria inicia seu calendário de corridas sem a presença do público em suas arquibancadas.

A Fórmula 1 foi um dos primeiros eventos adiados devido à pandemia do coronavírus. As equipes, patrocinadores e pilotos entraram em reuniões e especulações sobre o novo calendário.

Após 113 dias do cancelamento do GP da Austrália, em Melbourne, outras seis corridas foram adiadas: Bahrein (Vietnã), China, Holanda, Espanha, Azerbaijão e Canadá.

Em seguida, o campeonato vai passar por Hungria, Inglaterra (duas provas), Espanha, Bélgica e Itália.

As corridas divulgadas correspondem à fase europeia da temporada. Conforme novos desdobramentos da pandemia do coronavírus no mundo, novas datas podem ser anunciadas.

A Formula 1 pretende realizar entre 15 e 18 corridas, passando ainda por Ásia, Américas e Oriente Médio.

Marcado para acontecer no dia 15 de novembro, o Grande Prêmio do Brasil ainda não esta confirmado para acontecer nesse novo contexto de campeonato.

Mudanças sociais

Considerado um esporte voltado para as elites econômicas, desde os pilotos, patrocinadores e construtores de peças e automóveis em si, a Fórmula 1 vem adotando questões sociais em suas principais pautas.

Através do programa "We Race as One", "Nós Corremos como Um" em português, anunciado em junho e que busca inserir pessoas de diferentes etnias, gênero e orientação sexual na categoria.

Segundo a F1, o projeto oferece oportunidade de diversas pessoas participarem da categoria nas mais variadas funções, inclusive para pilotos nas categorias de base, como o kart.

Entre os pilotos, Lewis Hamilton, homem negro e maior vencedor da história da categoria, é o principal nome na luta por causas sociais na categoria.

Ele é ativista pelo meio ambiente e esteve presente em passeatas de protesto contra o assassinato afro americano George Floyd por um policial branco nos Estados Unidos.

A Mercedes, escuderia que Hamilton corre, deixou de lado o conceito "Silver Arrow", "flecha de prata" em português, de seus carros, para adotar um veículo de cor preta nesta temporada 2020.

Veja mais notícias sobre Esportes.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection