Sidebar Menu

Joia do Audax voa em campo e é desejado por times europeus

Jovem de 17 anos se isolou na artilharia do Paulistão Sub-17

Jogador é sondado por grandes clubes europeu - Foto: Audax/Divulgação

Habilidoso. Determinado. Humilde. Considerado um dos destaques da base do Osasco Audax na temporada, o jovem atacante de 1,91 m e apenas 17 anos com 22 gols só no Paulistão Sub-17, Matheus Cadorini é sondado por grandes clubes europeus e asiáticos.

Nascido em Taubaté, no interior de São Paulo, iniciou sua vida no futebol aos seis anos em campos da cidade e logo começou seus treinos em uma escolinha até os 14 anos quando fez um teste no São José, no Vale do Paraíba, e passou a jogar no Sub-15. Por destino, o clube caiu no mesmo grupo do Osasco, sendo contratado no ano seguinte.

Concentrado e focado, Cadorini falou com exclusividade ao Giro S/A sobre sua história, entre um treino e outro no CT do Audax. "O futebol é uma paixão. Todo moleque quer ser jogador de futebol", conta o atleta. Um dos incentivos do jovem vem de dentro de casa. "Meu pai me incentivou e incentiva bastante por ele ter sido jogador amador na juventude também. Ele me inspira", revela.

Desde a contratação, o atacante já fez 24 jogos oficiais. Entre eles, fez uma partida pelo time principal pela Copa Paulista. Até o momento marcou quase 50 gols. A inspiração dele é um ex-santista hoje jogando no Atlético-MG. "No Brasil tenho como inspiração o Ricardo Oliveira. Vejo características nele que tenho bastante como um bom cabeceio, boa movimentação e participação dentro da área", diz.

Veja mais notícias sobre Esportes.