Sidebar Menu

Acusado de agredir a esposa, goleiro Jean, do São Paulo, é preso nos EUA

Demissão do goleiro pelo clube paulista é especulada

O goleiro Jean, do São Paulo, está preso nos Estados Unidos, por violência doméstica sob a acusação de ter agredido sua esposa Milena Bemfica, durante viagem de férias do casal. O caso foi registrado com o número 19036025 pelo Departamento de Correções do Condado de Orange, no Estado da Florida.

Jean foi preso no começo da manhã desta quarta-feira (18) e pré-sentenciado por violência doméstica. O São Paulo, defendendo "princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo" se pronunciou sobre o caso com nota oficial: "O São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis".

Em uma segunda nota oficial, o clube voltou a se manifestar sobre o caso e também sobre o fato de um outro jogador ter sido fotografado com a camiseta de outro clube. 

NOTA OFICIAL

O São Paulo comunica que tomou uma decisão sobre o futuro do atleta Jean Paulo Fernandes Filho após averiguar detalhes do episódio ocorrido na data de hoje. Por questões legais que impedem qualquer iniciativa durante o período de férias, vigente neste momento, o clube tomará as medidas cabíveis tão logo esta etapa se encerre.

O São Paulo reforça que vestir a camisa desta instituição representa vestir também valores dos quais jamais abrirá mão. O jogador de futebol é exemplo para a sociedade - forma opinião e influencia comportamento - e por isso tem de ter consciência daquilo que representa pelo que faz não só dentro, mas também fora de campo, e consequentemente da responsabilidade que carrega.

O São Paulo não tolera e não admite episódios como os que foram noticiados hoje, de violência contra a mulher.

Quanto ao outro caso noticiado, referente ao atleta que foi fotografado vestindo uma camisa de outra instituição, o São Paulo lamenta, mas pede que não seja assunto para hoje. Os episódios não se equiparam, têm grandezas e gravidades completamente diferentes e não devem ser objetos de discussões simultâneas. O caso sobre o qual se trata aqui faz referência aos mais importantes valores da vida humana em sociedade, enquanto o outro, perto disso, é um detalhe que aborrece a instituição, mas que será tratado internamente.

Veja mais notícias sobre EsportesVídeos.

Veja também: