Sidebar Menu

Coronavírus: especialistas pedem calma, mas assunto merece atenção

Editorial publicado na edição 493, de 7 de fevereiro de 2020

Os últimos dias têm sido intensos em todo o planeta no que diz respeito ao coronavírus. Um caso suspeito em Santana de Parnaíba chegou a ser anunciado pelas autoridades de saúde, no sábado (1º), mas foi descartado na segunda-feira (4). Foi a primeira vez que o tema chega mais próximo da região. Nessa semana, o Giro S/A questionou as prefeituras para saber se estão preparadas para atender pacientes com sintomas do coronavírus.

Segundo as respostas das administrações, as unidades de saúde estão capacitadas para fazer os primeiros atendimentos de pessoas que apresentarem os sintomas do vírus que já matou quase 500 pessoas na China. O número de pacientes infectados no país chega a 24.324 pessoas e já foram confirmado casos da nova variante do vírus em 27 países e regiões além da China.

Na região, especialistas do setor da saúde pedem que o cidadão brasileiro não entre em pânico. Além do primeiro atendimento, casos mais graves são encaminhados para centros hospitalares maiores, como Hospital das Clínicas, na Capital.

Até o início da próxima semana, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, espera enviar um novo texto mais abrangente com regras gerais de saúde humana para casos de epidemias e vigilância sanitária e que devem, certamente, chegar às mãos dos secretários de saúde das cidades da região.

Por hora é confiar nas autoridades locais e seguir todas as recomendações de higiene básica que têm sido divulgadas, como lavar bem as mãos, cozinhar bem os alimentos e não consumi-los crus, além de evitar com contato com animais e produtos de origem animal. Essa é a parte que cabe ao cidadão.

Ilustração: Carlos Muller

Veja mais notícias sobre Editorial.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection