Sidebar Menu

Vale Gás: saiba quem tem direito ao benefício de R$ 100 para a compra de botijão de gás

Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba estão entre as cidades contempladas; auxílio será pago em três parcelas
O benefício tem valor de R$ 100 (Divulgação/Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Os municípios de Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba foram contemplados com o novo programa do governo do estadual, o Vale Gás. A ação irá beneficiar cerca de 500 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social, para a compra de um botijão de gás de 13 kg. O anúncio foi feito pelo governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), durante evento na quinta-feira (76).

A iniciativa teve investimento de R$ 31,3 milhões e irá garantir a transferência de renda para compra do item essencial para o preparo de alimentos. De acordo com governo estadual, terão acesso ao projeto, cerca 104.340 de famílias – que moram em comunidades carentes e favelas –, inscritas no CadÚnico do governo federal, com renda mensal per capita de até R$ 178.

Para consultar se tem direito ao benefício, o cidadão deve acessar o site oficial do Vale Gás. No portal, é necessário digitar o Número de Inscrição Social (NIS) para verificar as informações e elegibilidade. As pessoas receberão três parcelas bimestrais do benefício, no valor de R$ 100. Elas serão pagas entre os meses de julho e dezembro de 2021. A previsão para o pagamento da primeira parcela do benefício é 20 de julho.

"É um enorme esforço que estamos fazendo para ajudar quem mais precisa", destacou o governador João Doria (Divulgação/Governo do estado de SP)

Próximos projetos
O Vale Gás integra o Bolsa do Povo, ação de proteção social oferecido pelo governo do estado de São Paulo. Lançado em maio deste ano, a iniciativa tem o objetivo de concentrar a gestão de benefícios, ações e projetos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Somente para 2021, estão previstos R$ 1 bilhão em recursos para os programas Renda Cidadã, Via Rápida, Bolsa-Trabalho, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo e o auxílio-moradia emergencial (Aluguel Social).

"Este é um dos mais importantes programas que nós já lançamos aqui, porque muda a vida de muita gente. Quem não tem sabe o que é ter um botijão de gás para atender a uma família durante dois meses. Por isso estamos fazendo um programa para atender meio milhão de pessoas aqui no estado de São Paulo. É um enorme esforço que estamos fazendo para ajudar quem mais precisa", destacou Doria.

Entre os próximos projetos também estão previstas a contratação de mães e pais nas escolas, além da contratação de agentes de apoio na Saúde. O Bolsa do Povo vai pagar benefícios de até R$ 500 e poderá beneficiar até 500 mil pessoas direta e indiretamente nos 645 municípios que fazem parte do estado de São Paulo. 

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/