Prepare o bolso: gás encanado terá aumento em todo o estado de SP

Indústrias, comércios, residências e também motoristas que utilizam gás natural veicular serão impactados por reajustes que podem variar de 10% a 40%
Área abastecida pela Comgás, da qual faz parte a região metropolitana de São Paulo, terá reajustes de até 9,7% para indústrias, 9,8% para consumidores residenciais e 10,2% para comércios (Divulgação/Comgás)

Desde ontem (31/5), o gás encanado está mais caro em todo o estado de São Paulo. Consumidores residenciais, comerciais, industriais e também motoristas que abastecem com GNV (gás natural veicular) serão impactados pelos aumentos que variam entre 10% e 40% - dependendo da região. 

A área abastecida pela Comgás, da qual faz parte a região metropolitana de São Paulo, terá reajustes de até 9,7% para indústrias, 9,8% para consumidores residenciais e 10,2% para comércios, enquanto a área compreendida pela concessionária Naturgy, da qual Sorocaba faz parte, terá um aumento de até 15,3% para consumidores comerciais, 33,3% para residências, até 39,7% para indústrias e 39,9% nos postos fornecedores do GNV.

Os aumentos estão bem acima da inflação, que acumulou 6,76% nos últimos doze meses, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). De acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos de São Paulo (Arsesp), a alta foi ocasionada pela elevação pela Petrobras do preço do gás em maio. Porém, negociação com concessionárias impediu que o aumento fosse ainda maior. Sem isso, os reajustes poderiam chegar a 80%.


Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 21 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/