Mercado Livre, com sede em Osasco, se torna a empresa mais valiosa da América Latina

Posto foi alcançado pela gigante do e-commerce após a empresa brasileira VALE perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana
Imagem panorâmica da central da companhia de e-commerce sediada em Osasco (Divulgação/Mercado Livre)

O minério de ferro passa por uma crise. Enquanto os acionistas da Vale (VALE3) lamentam a queda nas ações da mineradora, aqueles que apostam no Mercado Livre, no Brasil sediada em Osasco, estão comemorando. A gigante de comércio eletrônico argentina é considerada a empresa mais valiosa da América Latina, após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na semana passada, quando acumulou queda de cerca de 9%. 

De acordo com dados da consultoria Economatica, a queda das ações derrubou o valor de mercado da Vale para US$ 81 bilhões (aproximadamente R$ 432 bilhões, na cotação atual), contra US$ 93 bilhões (R$ 496 bilhões) do Mercado Livre.

Confira as dez primeiras empresas no ranking da Economatica. O ranking inclui cinco companhias nacionais:

Empresa (país)

Valor de mercado* em bilhões de USD

Mercado Livre (ARG)

R$ 93,3

Vale (BRA)

R$ 81,7

Wal Mart do México (MEX)

R$ 63,3

Petrobras (BRA)

R$ 62

America Movil (MEX)

R$ 60,3

Itaú Unibanco (BRA)

R$ 49,4

Ambev (BRA)

R$ 46,6

Marvell Technology Group (BER)

R$ 41,9

BeiGene (CYM)

R$ 37,5

Bradesco (BRA)

R$ 34

*Até o dia 17 de setembro de 2021

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 20 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/