Sidebar Menu

Lucro da CCR sobe 137% no 1º trimestre, com lucro de R$ 688,9 milhões

No relatório de resultados, a CCR mostra recuperação do tráfego nas rodovias que administra, incluindo a Raposo Tavares e a Castello Branco
O Grupo CCR, do qual a CCR Viaoeste faz parte, é uma das cinco maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina e considerada a líder do segmento no Brasil (Divulgação/CCR Viaoeste)

Operadora de concessão de rodovias, da qual a CCR Viaoeste faz parte, a CCR teve um lucro de 137% no primeiro trimestre deste ano, quando comparado ao mesmo período de 2020. O lucro de R$ 688,9 milhões foi apoiado em receitas extraordinárias oriundas de um aditivo com o governo do estado de São Paulo, no entanto, na comparação anual, o valor representa uma queda, em decorrência dos efeitos da pandemia.

O lucro atual representa queda de 56,5% ano a ano. No relatório de resultados, a CCR mostra recuperação do tráfego nas rodovias que administra, incluindo a Raposo Tavares e a Castello Branco. Porém, o movimento de passageiros em aeroportos e operações como metrô, que também fazem parte da concessão do grupo, continuam cerca de 50% menores do que antes da pandemia. 

*Foto de capa: Uelson Henkell / Giro S/A

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/