Sidebar Menu

Inflação dos alimentos desacelera em junho

Nos últimos 12 meses, o IPS tinha registrado alta de 7,82% até maio

O Índice de Preços dos Supermercados (IPS), calculado pela Associação Paulista de Supermercados e pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, registrou deflação em junho, com queda de 0,54%. O resultado contribuiu para desacelerar o acumulado do ano, em alta de 2,48%.

Já no acumulado dos últimos 12 meses, o IPS tinha registrado aumento de 7,82% até maio, ainda refletindo efeitos da quebra de safra do feijão, em 2018. Porém, com a segunda queda consecutiva nos preços dos produtos hortifrutigranjeiros, o índice caiu para 3,55% nos últimos 12 meses até junho.

"Produtos consumidos no do dia a dia, como feijão, batata e cebola, tiveram forte queda em junho, o que resultou em alívio no índice geral de preços. Caso o cenário tivesse se mantido, a Apas poderia até refazer sua previsão de inflação dos supermercados, mas como os últimos dois meses foram de recuperação, a projeção de 4% de inflação em 2019 está mantida", explicou o economista da Apas, Thiago Berka.

Veja mais notícias sobre Economia.