Governo federal prevê salário mínimo de R$ 1.169 em 2022

O valor é 6,27% maior que o atual de R$ 1.100. Além disso, é R$ 22 mais alto que o valor aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que prevê R$ 1.147, reajuste de 4,3% em relação ao salário mínimo vigente
A projeção para o ajuste do salário mínimo em 6,2% no ano que vem repõe apenas a inflação, sem ter aumento real (Divulgação/Marcelo Casal Jr./Agência Brasil)

Com a alta da inflação, o governo federal resolveu elevar a previsão para o salário mínimo em 2022. Enviado ontem (30) para o Congresso Nacional, o projeto da lei orçamentária do ano que vem prevê salário mínimo de R$ 1.169, alta de 6,27% em comparação ao valor atual, de R$ 1.100. Além disso, esse valor representa R$ 22 a mais que o valor de R$ 1.147 aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias. A LDO previa 4,3% de aumento no salário mínimo atual.

A equipe econômica constuma usar o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano corrente para corrigir o salário mínimo do Orçamento posterior. Com a alta de alimentos, combustíveis, energia, entre outros itens básicos, a previsão para o INPC este ano pulou de 4,3% para 6,2% em 2022. Isso significa que a projeção para o reajuste do mínimo repõe apenas a inflação, sem aumento real. E esse valor do salário mínimo pode ficar ainda maior, caso a inflação supere a previsão até o fim do ano. 

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 18 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/