Sidebar Menu

Governo estadual libera empréstimos e parcelamento de dívidas para empresários impactados pela pandemia

Medidas foram implementadas para ajudar financeiramente o setor de comércio como bares, restaurantes, turismo, eventos, entre outros 
Em coletiva que aconteceu ontem (3), o governador João Doria afirmou que as medidas emergenciais visam ajudar os setores mais impactados pela pandemia no estado (Foto: Divulgação / Reprodução Governo do estado de São Paulo)

Em coletiva realizada na quarta-feira (3), o governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou um pacote de medidas emergenciais para ajudar financeiramente os empreendedores dos 645 municípios paulistas que mais foram impactados pela pandemia do coronavírus. A proposta é minimizar os efeitos danosos da queda de arrecadação de bares, restaurantes, setor de turismo, eventos, entre outros, e fazer com que a economia volte a girar no estado.

As novas medidas são: a liberação de R$ 125 milhões pelo Banco do Povo e pelo DesenvolveSP, a suspensão de protesto de débitos da dívida ativa por 90 dias e a manutenção de serviços de gás e água nos estabelecimentos comerciais nas áreas de concessão da Sabesp, Comgás, Naturgy e Gás Brasiliano Distribuidora (GBD) em municípios que estiverem nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo. Essas medidas foram tomadas após muitas reuniões com representantes de empresas e associações dos setores mencionados.

Doria declarou que "o governo do estado de São Paulo respeita o diálogo e repugna intimidações e medidas ameaçadoras daqueles que preferem seguir a linha do extremismo".

Empréstimos
A primeira linha de crédito disponibilizada é para os empreendedores informais e produtores rurais sem CNPJ, com opções de crédito de até R$ 15 mil e taxa de juros de 1% ao mês. A segunda linha é voltada para empreendedores com CNPJ. Com taxa de juros de 0,35% ao mês e limite de até R$ 21 mil, sendo que o prazo para pagamento na primeira linha é de 12 meses, e para a segunda de até 24 meses com carência de até 60 dias para capital de giro. Em ambos os casos, não é necessário apresentar avalista.

Os empreendedores podem solicitar as linhas de crédito de forma totalmente online pelo site www.bancodopovo.sp.gov.br ou presencialmente na agência do seu município. O Desenvolve SP, banco do Governo do Estado, vai disponibilizar mais R$ 100 milhões em crédito para capital de giro, apoiando micro e pequenas empresas de São Paulo. As solicitações de crédito são realizadas de forma 100% online pelo site www.desenvolvesp.com.br

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection