Sidebar Menu

Franquias cresceram 7% no primeiro trimestre

Setor gera mais de 1 milhão de empregos 

Eventos reúne franquias no Expo Center
Um modelo de negócio que faturou R$ 174,8 bilhões no ano passado e emprega quase 1,3 milhão de pessoas no país. O setor de franquias, que cresceu 7% no primeiro trimestre de 2019, promove até dia 29 (sábado) a 28ª edição do ABF Franchising Expo, no Expo Center Norte, na capital. São mais de 400 marcas reunidas e mais 90 horas de palestras. Este ano uma das novidades é o Boulevard de Microfranquias, que apresenta mais 40 redes de franquias com investimento até R$ 90 mil.
Só em 2018, as microfranquias cresceram 8% e para muitos é uma saída para tempos de desemprego e crise. Dados da Associação Brasileira de Franchising mostram que a modalidade saltou de 545 marcas em 2017 para 589 no ano seguinte.
Nos fóruns, as discussões giram em torno da velocidade das transformações sociais e do consumidor, ações para atendê-las e como a inovação pode ser aplicada de forma sustentável e rápida para o desenvolvimento das franquias. Há ainda serviços de como investir fora do Brasil, em países como EUA, China e Portugal.
Na feira, interessados podem conhecer negócios que requerem investimentos iniciais de R$ 10 mil até mais de R$ 1 milhão. Os segmentos que mais cresceram no primeiro trimestre de 2019 foram casa e construção (12,9%), serviços automotivos (12,7%), comunicação, informática e eletrônicos (9,7%), serviços e outros negócios (9,6%) e saúde, beleza e bem estar (9,2%).
Pesquisa da ABF apontou que após alguns anos de queda, cresceu a participação dos shopping center como local do ponto de venda, passando de 21,5% em 2018 para 24,9% em 2019. "A vacância e a mudança do mix, com mais lojas de alimentação e entretenimento, criaram boas oportunidades para o franchising", explica Vanessa Bretas, gerente de inteligência de mercado da ABF.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também: