Sidebar Menu

Embaixador diz que reformas atrairão empresas japonesas para o Brasil

Japão é o parceiro mais tradicional do Brasil na Ásia há 60 anos

O embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, no Senado (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, disse nessa semana, em Brasília, que a aprovação pelo Congresso Nacional de reformas, como a da Previdência, pode estimular que mais empresas japonesas invistam no Brasil.

"Estou convicto de que, se as reformas avançarem, muitas empresas japonesas voltarão a olhar para o Brasil novamente para se instalar e aumentar os investimentos", afirmou, destacando a cooperação econômica entre os dois países. A declaração foi feita durante sessão solene no Senado em homenagem aos 111 anos da imigração japonesa no país.

Segundo a diretora do Departamento de Japão e Pacífico do Ministério de Relações Exteriores, Cecília Ishitani, o Japão (terceira maior economia do mundo), apresenta muitas oportunidades e oferece enorme potencial para as exportações brasileiras, sendo parceiro mais tradicional do Brasil na Ásia e com quem temos cooperação técnica há 60 anos. "O governo brasileiro tem envidado esforços para o início das negociações comerciais Mercosul e Japão, um melhor acesso de produtos de nosso agronegócio, a diversificação de nossas exportações e atração de novos investimentos japoneses", ressaltou Cecília Ishitani.

Da Agência Brasil

Veja mais notícias sobre Economia.