Sidebar Menu

Dois mercados são acusados de praticar preços abusivos

As duas lojas ficam em Santana de Parnaíba
O feijão está custando quase o dobro do preço (Foto: Freepik)
O Procon esteve em dois supermercados de Santana de Parnaíba depois de denúncias de clientes em relação aos preços de alguns produtos.

Os profissionais do órgão constataram que o feijão (1 kg), por exemplo, estava custando quase o dobro do preço.
O pacote estava por R$ 9,99. Antes da pandemia do novo coronavírus, custava quase R$ 6.

Segundo funcionários, os fornecedores estão enviando os produtos com preços mais elevados. Um deles disse, inclusive, que diminuiu a margem de lucro.Os supermercados têm três dias para apresentar as notas fiscais da compra dos alimentos com preços abusivos.




Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/