Sidebar Menu

Cotia fecha 2020 com saldo positivo de empregos, aponta Caged

Comércio e construção civil foram os responsáveis pelo maior número de novas vagas de trabalho formal no município
Cotia fechou o ano de 2020 com um saldo positivo de 1.185 empregos formais (Foto: Divulgação / Agência Brasíl)

Levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) aponta que Cotia fechou o ano de 2020 com um saldo positivo de 1.185 empregos formais. Ainda segundo os dados divulgados  pelo Governo Federal na semana passada, a cidade, inclusive, foi na contramão do estado de São Paulo, que fechou o ano com um saldo negativo de 1.159 postos de trabalho.

Os números do Caged mostram que Cotia começou o ano de 2020 com saldo positivo de emprego e, no primeiro mês, foram abertas 457 novas vagas; já em dezembro foram 164 novos postos de trabalho. No entanto, entre o primeiro e o último mês, o mercado de trabalho encolheu bastante e o pior cenário foi notado em abril, quando foram fechados 1.476 postos de trabalho na cidade.

"Frente à grande dificuldade econômica e ao encerramento de atividades, tivemos que tomar medidas urgentes para auxiliar as famílias que ficaram sem renda e atuamos de forma rápida para apoiar as empresas, em meio aos desafios impostos pela quarentena", lembrou o prefeito Rogério Franco (PSD). "Mas chegar a dezembro com um saldo positivo de trabalhos formais e um mês de novembro com 1.151 novos empregos é, sem dúvida, motivo de muita alegria", completou.

O levantamento do Caged mostra que, a partir de julho, o mercado de trabalho em Cotia entrou em ascensão e, mês a mês, registrou saldo positivo de emprego, o que significa dizer que houve mais admissões do que demissões a partir do segundo semestre de 2020. "Tivemos grandes e importantes inaugurações em plena pandemia, como a abertura da segunda loja do Atacadão em nosso município. A unidade foi responsável pela criação de mais de 600 empregos diretos e indiretos", destacou o prefeito.

Ao longo do ano passado, aconteceram 28.985 admissões, ante as 27.800 demissões, números que mostram o saldo positivo de 1.185 vagas. Sempre que o saldo é positivo, significa que houve abertura de novas vagas de trabalho formal e não apenas que vagas existentes foram preenchidas. A atividade econômica que mais gerou emprego, de acordo com o Caged, foi o comércio, setor em que foram criados 555 novos postos de trabalho formal, em seguida vem a construção civil, com 363 novos empregos e a indústria, com 308 vagas criadas.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection