Com escritório em Barueri, Netflix anuncia reajuste no preço das assinaturas

Em nota à imprensa, a empresa justifica o aumento em decorrência da expansão do catálogo de filmes e séries; mensalidade pode chegar a R$ 55,90
Netflix é líder no serviço de streaming de séries e filmes, com 209 milhões de usuários em 190 países (Divulgação/Reprodução Netflix)

Com escritório central em Barueri, no bairro Alphaville, a plataforma de streaming Netflix anunciou na última semana o aumento de preços das assinaturas no Brasil, com planos que chegam a R$ 55,90. Os aumentos variam entre 18,3% e 21,8% e já começarão a valer a partir da próxima renovação da assinatura. Para quem assinar agora, os valores já estão em vigor.

Confira os novos preços:

Plano Básico: de R$ 21,90 para R$ 25,90;

Plano Padrão: de R$ 32,90 para R$ 39,90;

Plano Premium: de R$ 45,90 para R$ 55,90.

Em nota à imprensa, a Netflix justifica o aumento frisando que vêm expandindo o catálogo de filmes e séries e reafirma a promessa de oferecer a melhor experiência para o assinante, com os melhores conteúdos originais e uma vasta variedade de gêneros. É o primeiro reajuste das assinaturas desde 2019.

CONCORRENTES TÊM VALORES INFERIORES
O anúncio pode beneficiar plataformas rivais, que oferecem preços de assinatura mais baixos que a Netflix. O Prime Video, da Amazon, custa R$ 9,90 por mês. A Paramount+ sai por R$ 19,90 por mês. Já a Globoplay, que tem planos a partir de R$ 19,90, além de alfinetar a Netflix nas redes sociais, se comprometeu a congelar reajustes até 2023. Recém-chegada ao Brasil, a HBO Max oferece planos a partir de R$ 19,90.

*Foto de capa: Divulgação/Netflix.

Veja mais notícias sobre Divirta-seEconomia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 21 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/