Sidebar Menu

Casas de temporada têm variação de preço

Diárias variam dependendo do local turístico 

Campos do Jordão tem as diárias mais caras

Passar as férias de julho em destinos turísticos de São Paulo é algo que se pode fazer alugando casas, segundo pesquisa do CreciSP.
Águas de Lindoia e Brotas estão com diárias mais caras que em julho de 2018, situação inversa em Serra Negra e Campos do Jordão, onde preços baixaram.
A diária que mais aumentou foi a de casas de 2 dormitórios em Águas de Lindoia – passou de R$ 220 para R$ 450, alta de 104,54%. A diária que ficou mais barata foi a de casas de 4 dormitórios em Campos do Jordão – baixou de R$ 1.400 para R$ 676, queda de 51,71%.
Serra Negra e Brotas são as que têm os imóveis de 2 dormitórios com diárias mais baratas. Na primeira, a média é de R$ 191. Em Brotas, média de R$ 310.
Em Atibaia as casas de 2 dormitórios tiveram alta de 32% (média de R$ 375) e de 3 e 4, valores caíram -30 e -35%, respectivamente, R$ 400 e R$ 490.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também: