Brasileiros acreditam que inflação fica em 4,8% nos próximos 12 meses

O resultado ficou abaixo dos dados de outubro.

A expectativa de inflação dos consumidores brasileiros para os próximos 12 meses ficou em 4,8%, de acordo com pesquisa feita pela Fundação Getulio Vargas (FGV), em novembro deste ano. O resultado ficou abaixo dos dados de outubro, quando os consumidores esperavam uma inflação de 4,9%.

É a menor estimativa desde julho de 2007, quando a pesquisa também apontou para uma inflação de 4,8%.

A expectativa de inflação é calculada com base em entrevistas com consumidores. A pergunta feita é a seguinte: "Na sua opinião, de quanto será a inflação brasileira nos próximos 12 meses?"

"Dando continuidade à tendência de queda iniciada em julho deste ano, a expectativa de inflação dos consumidores, em novembro, volta a alcançar o patamar mínimo histórico tanto nas faixas de renda mais altas quanto na mediana. Apesar das previsões para o IPCA deste mês apresentarem aceleração da inflação, o bom comportamento do índice nos últimos meses parece contribuir cada vez mais para a ancoragem das expectativas à meta oficial", disse Renata de Mello Franco, economista da FGV.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 08 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/