Sidebar Menu

7 cidades da região oeste da Grande SP estão no ranking Connected Smart Cities

Estudo mapeia onze eixos temáticos de municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes
Barueri aparece em 1º lugar no quesito Economia (Foto: Divulgação/Allisson Roberto/Secom)

Nos dias 8, 9 e 10 de setembro, aconteceu o evento nacional Connected Smart Cities e Mobility Digital Xperience 2020. Devido à pandemia da covid-19, a mais importante iniciativa que mapeia 11 eixos temáticos (mobilidade e acessibilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, empreendedorismo, educação saúde, governança, economia e energia) de municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, teve sua sexta edição no formato 100% virtual. 

O novo ranking destaca São Paulo como a cidade mais inteligente e conectada do Brasil. O principal centro financeiro do país também conquistou o 1º lugar nas categorias: Região Sudeste; Cidades com + de 500 mil habitantes; Tecnologia e Inovação; e Mobilidade e Acessibilidade. O estudo mapeou os 673 municípios com mais de 50 mil habitantes, com o objetivo de definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do território nacional.

Cotia foi destaque em quatro eixos: Urbanismo, Connect Smart Cities, Tecnologia e Inovação e Economia (Foto: Vagner Santos/Secom)

Região Oeste da Grande São Paulo
Das 11 cidades da região oeste da Grande São Paulo que fazem parte do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste), sete estão na classificação geral do ranking (Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Jandira, Osasco e Santana de Parnaíba). 

O município vencedor no eixo Economia, no comparativo com outras cidades do Brasil, foi Barueri, que conquistou o primeiro lugar. A cidade também foi destaque em Tecnologia e Inovação (7º lugar), Educação (8º lugar), Conecct Smart Cities (13º lugar), Governança (15º lugar), Urbanismo (19º lugar) e Empreendedorismo (64º lugar).

Cajamar se destaca em cinco eixos, Economia (21º lugar), Urbanismo (39º lugar), Segurança (52º lugar), Connect Smart Cities (76º lugar) e Governança (19º lugar).

Carapicuíba foi destaque no eixo Segurança (96º lugar).

Cotia figura em quatro eixos de destaque no ranking: Urbanismo (15º lugar), Connect Smart Cities e Tecnologia e Inovação (88º lugar) e Economia (72º lugar).

Jandira aparece com destaque em dois eixos: Segurança (14º lugar) e Empreendedorismo (86º lugar).

Osasco teve sua melhor posição em Tecnologia e Inovação (30º lugar). Os outros eixos foram em Economia (34º lugar), Urbanismo (47º lugar) e Connect Smart Cities (65º lugar).

Santana de Parnaíba teve seu melhor destaque no eixo segurança (5º lugar). Em seguida, a cidade conquistou as seguintes posições: Educação (17º lugar), Economia (31º lugar), Tecnologia e Inovação (33º lugar), Connect Smart Cities (39º lugar), Governança (69ª lugar) e Urbanismo (95º lugar).

Indicadores
A partir da edição 2019, o ranking incorporou conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 - Sustainable Cities And Communities – Indicators For Smart Cities, mantendo-se como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em quatro frentes: geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional. Acompanhe o estudo completo da consultoria Urban Systems aqui.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection