Sidebar Menu

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal

Com roteiro certeiro e uma abordagem única,longa expõe a história de um serial killer

Zac como Ted. Ele usa seus conhecimentos de Direito para convencer o júri de que é inocente

Trazer para as telonas a história de um serial killer não é uma tarefa fácil, ainda mais quando o assassino em questão é um dos mais conhecidos dos EUA. Abordar a mente doentia de Ted Bundy sem explicitar os crimes cometidos por ele foi um dos grandes acertos de Ted Bundy: A Irresistível Face Do Mal.

Você sairá do cinema sabendo como era a vida normal de um homem que aterrorizou os EUA na década de 70, sua relação com a namorada e a habilidade de persuasão que cativou até mesmo o juíz que acompanhava o caso.

Theodore Robert Bundy foi um dos serial killers mais perigosos daquela época, e, além de assassino, era sequestrador, estuprador, ladrão e necrófilo. No entanto, por trás de sua maldade, ele aparentava ser um homem carinhoso e romântico. No longa, é Zac Efron quem dá vida a Ted e ele não decepciona. Aos 31 anos, o ator encarna com maestria o papel do assassino, garantindo um show de trejeitos, olhares e maldade a cada encarada nas câmeras.

Nomes como John Malkovich, KayaScodelario, Haley Joel Osment e Jim Parsons também garantem ótimos momentos. Malkovich encarna o juiz que dá a sentença aos crimes de Ted e as conversas entre eles são pontos altos de um humor ácido.

Confira a crítica completa no link: www.cineclick.com.br.

Veja mais notícias sobre CinemaDivirta-se.

Veja também: