Sidebar Menu

Curta-metragem osasquense estreia neste domingo

Filme do diretor Raffa Bittencourt teve orçamento de apenas R$ 30
Além de diretor do filme, Raffa Bittencourt é ator, produtor de eventos e audiovisual (Foto: Divulgação)

Com uma ideia na cabeça e apenas R$ 30 no bolso, nasceu o "Eu, Drag Isolada", um curta-metragem do diretor osasquense Raffa Bittencourt, que estreia neste domingo (29), no YouTube.

O filme, gravado em um único dia, aborda como a classe artística foi afetada pela pandemia do novo coronavírus. "Quando em isolamento solitário só te resta olhar pra dentro, o que se vê pode não ser tão glamuroso", resume o diretor, que também assina o roteiro do filme.

O curta conta a história de Berê Star, uma drag queen que enfrenta a pandemia isolada, enquanto lida com incertezas e faz reflexões sobre sua vida. "Queríamos fazer um filme que retratasse os efeitos do isolamento sobre as pessoas que atravessaram esse momento a sós, e que ao mesmo tempo provocasse reflexões sobre gênero e identidade", explicou Bittecourt.

Veja mais notícias sobre Divirta-se.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection