Sidebar Menu

Blogueira de Osasco promove concurso plus size

Projeto visa empoderar mulheres acima do peso
Helena Custodio em campanha publicitária (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Cansada do tédio da pandemia e focada em impulsionar a autoestima de mulheres, a blogueira Helena Custodio, que reside em Osasco, decidiu lançar um concurso online para modelos Plus Size, que recebeu inscrições de todo o Brasil. Formada em Pedagogia, também atua como palestrante e coaching de autoestima. Helena Custodio entrou no mundo Plus Size ainda quando lecionava, em 2008. Foi descoberta por uma produtora em uma rede social e jamais imaginou que se enquadraria como modelo por estar acima do peso. Mas aceitou o desafio e passou a participar de campanhas publicitárias para marcas famosas. A seguir, veja os principais trechos da entrevista que a influenciadora, com mais 1 milhão de seguidores no Facebook e mais de 75 mil seguidores no Instagram, concedeu à reportagem. 

Como foi essa descoberta como modelo? Eu ainda dava aulas quando fui procurada por uma produtora que visitou a escola e me convidou para desfilar. Primeiro duvidei da possibilidade, pois o tema ainda era pouco abordado. Mas ao tirar fotos e desfilar, reconhecendo que aquilo era algo real, me apaixonei completamente pelo mundo da moda plus size.

Quando iniciou seu trabalho como blogueira? Junto com a experiência de modelar. Fui descobrindo o quanto é importante a mulher ter autoestima, ser confiante da forma que é.

Você sempre foi acima do peso? Sim, sempre. Eu nasci com quase quatro quilos e minha infância sempre foi como uma criança gordinha. Mas isso nunca me causou constrangimento, pois sempre fui muito acolhida por minha família.

Quando você teve a percepção que você estava acima do peso? Foi na primeira série, quando tinha sete anos. Havia colocado a mochila no chão e um menino tropeçou. Ele olhou bem nos meus olhos e disse: "Tire essa mochila daqui, sua gorda!" A classe toda me olhando. fiquei muito sem graça. Ele ainda voltou e prosseguiu: "você é muito gorda, vá emagrecer". Voltei para minha casa totalmente acabada.

E o tratamento em sua casa, como era? Sempre foi com muito carinho e acolhimento. Minha mãe acreditava que ser gordinha era sinal de saúde, não que não seja. Mas não era algo que a preocupava. Sempre me chamavam de fofinha e, por isso, me sentia o máximo. 

Você já tentou perder peso? Sim, com certeza. Até costumo brincar que sou pós-graduada em regimes. Minha adolescência inteira eu tentei emagrecer. Mas como uma gordinha nata, era só parar o regime que voltava ao peso normal. Não tem jeito.

"Não faço apologia obesidade e sim a felicidade", diz influenciadora (Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)

Você ainda tenta emagrecer? Não quero regime eterno, para mim a vida desta forma é ruim. Já falei isso para minha nutricionista e meu endocrinologista. Para mim, viver sem comer, é viver sem prazer. Claro que é necessário buscar uma alimentação saudável, equilibrada. Só que não gosto de me privar, como ir à um aniversário e não comer nada. Faço meus exames, estou com tudo em dia, então como de tudo. Não é porque sou gordinha que faço apologia à obesidade, mas sim, a felicidade.

Como surgiu a ideia do concurso? Por meio de conversas com minhas seguidoras que reclamavam de compulsão, depressão e ansiedade devido à pandemia. Não sabia como ajudar cada uma e eram muitas. E como uma forma de entretenimento e apoio a autoestima dessas mulheres, tive a ideia do concurso online.

Como será o concurso? O concurso foi pensado para as mulheres brasileiras, maiores de 18 anos que usam manequim acima do tamanho 46. No entanto, as inscrições estão encerradas. Nós teremos 15 jurados que são pessoas ligadas ao mercado plus size, mas que ainda não posso falar quem são. Mas são desde jornalistas, profissionais de moda, maquiagem e modelos. Posso dizer que os profissionais entendem muito do assunto. A final do concurso será em meu Instagram Helena Custodio.

Como você avalia que está atualmente a autoestima da gordinha? Hoje, percebo o quanto evoluiu a autoestima de mulheres gordinhas. Mas há mulheres que precisam se reconhecer. Se olhar no espelho e ter a percepção que está diante da pessoa mais importante do mundo. É preciso amar cada pedacinho do seu corpo, porque ele é seu templo. 

Veja mais notícias sobre Divirta-seGeral.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.girosa.com.br/

No Internet Connection